Um pouco da história da moda: Alta Costura
sexta-feira junho 10, 2011 às 23:25 | Arquivado em: Uncategorized

Uma criação em escala artesanal de modelos exclusivos com bordados exclusivos em pedras e metais preciosos, por altos preços, para clientes abastados. Para que uma peça seja, de fato, haute couture, não basta ela ser produzida na França, ela deve ser inteiramente desenvolvida em Paris.

Além disso, deve ser feita especialmente para um cliente, de acordo com suas medidas pessoais, utilizando materiais nobres e as mais apuradas técnicas manuais de costura e bordado.

imagem1Look da alta-costura de inverno 2011 da Dior

O termo haute couture é protegido por lei, só pode dizer que produz alta-costura a grife que cumpre todas as regras e que é aceita pela rígida Câmara Sindical da Alta-Costura.

Além da exclusividade de ter uma peça única, essas peças chegam a demandar mais de 400 horas de trabalho. A mão de obra é altamente especializada, sendo que muitos dos bordados de grandes grifes, como Chanel e Dior, são realizados pela tradicional casa Lesage, fundada em 1922 por Albert Lesage.

A história da alto-costura se dá em meados do século 1858. Esta data marcou o início da produção do costureiro inglês (é isso mesmo, ele não era francês) Charles Frederick Worth.

banner2

1. Casaco Dior, 1947 2. Casaco Paul Poiret, 1919 3. Vestidos de Charles Worth, 1887

banner3

1. Vestido Vionnet, 1939 2. Vestido Madame Grés, 1958 3.Vestido Jeanne Lanvin, 1925




Posts Relacionados





1 Comentário em “Um pouco da história da moda: Alta Costura”


Jéssica Leitte | 11-06-2011 às 17:09 | Responder

Realmente alta – costura de Dior, é magnífica.


Comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *