Design na Pele com Heloisa Crocco e Ronaldo Fraga
Terça-feira Janeiro 21, 2014 às 13:34 | Arquivado em: Fashion, Moda, Variedades

Arte, moda e couro. Foi essa a união que deu vida ao Design na Pele. Desde o princípio, uma ação pensada para inspirar.

Idealizado pelo Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) o Design na Pele tem a intenção de ampliar a forma de olhar para o couro, aproximando a indústria coureira nacional da cultura do design. Com uma dinâmica que mistura inovação, criatividade e pesquisa a ação agregou dois grandes nomes do design brasileiro,  Heloisa Crocco e Ronaldo Fraga para desenvolver junto aos curtumes coleções inéditas e exclusivas de couros e produtos, estreitando o elo entre a excelência técnica e a diversidade criativa do país.

Conhecida como um dos principais nomes da junção design e artesanato no país, já tendo participado de exposições na Alemanha, França e México, Heloisa Crocco liderou oficinas criativas em curtumes dedicados a trabalhar peles especiais. Valorizando a beleza natural dos couros e o seu diálogo com materias como metal e madeira, desenvolveu peças como cachepôs, pufes, luminárias e puxadores. “Ao enxergar novos caminhos e possibilidades de aplicação, o couro ganha valor também em outros segmentos: casa, mobiliário, acessórios, decoração”, analisa a artista.

Ronaldo Fraga, um dos nomes mais fortes da moda brasileira, com imagem fortemente associada a um design em constante diálogo com a cultura, literatura e sustentabilidade, dedicou seu trabalho a levar para o couro a cultura de diferentes regiões do país. “Muito mais do que um vetor econômico, o couro é um vetor de apropriação cultural. E o mais fascinante é entender o couro como uma matéria viva: quanto mais você convive com ele, mais descobre sua versatilidade de escritas e aplicações diversas”, afirma o estilista. Ao olhar para a pele como uma página em branco, à espera das cores e texturas tão ricas no cenário cultural do Brasil, Ronaldo tornou os couros desenvolvidos produtos genuinamente brasileiros. “É o que as pessoas esperam de produtos feitos no Brasil, que eles levem o olhar de brasileiros”, completa.

“Heloísa e Ronaldo tiveram oficinas em grupo com seus respectivos curtumes e também consultorias individuais em que puderam avaliar in loco o trabalho e as possibilidades de cada empresa”, explica o presidente do CICB, José Fernando Bello. “A intenção era observar a realidade do curtume e trazê-la para dentro do projeto, extraindo ao máximo os talentos e a criatividade de cada empresa”, ressalta ele.

Através de oficinas criativas em uma série de curtumes brasileiros, o objetivo do Design na Pele é promover a inovação no setor coureiro a partir da moda e do design. Realizado através do projeto Brazilian Leather, e em parceria com a Apex-Brasil, o projeto tem a intenção de vislumbrar um novo cenário, em que o repertório cultural do Brasil é fonte de inspiração para a criação de um couro com identidade e valor agregado. Um couro brasileiro.

Os curtumes que participaram do Design na Pele:

 Aplic Colour
Arte da Pele
Coming
Couros Bom Retiro
Courovale
Indústria de Peles Minuano
JBS Couros
Moderno
Natur
Romeu Couros
Schmechel Peles Exóticas
Soubach Special Leathers
The Anytry Marine & Exotic Leathers

– O Design na Pele ganhou um livro exclusivo, lançado durante a São Paulo Fashion Week em novembro de 2013. Com 88 páginas e tiragem de 1.500 exemplares, o livro traz imagens e depoimentos que contam o processo criativo de Heloísa Crocco e Ronaldo Fraga para o desenvolvimento de seu trabalho junto aos curtumes. 

– O processo criativo de Heloísa e Ronaldo durante o Design na Pele também rendeu dois vídeos, produzidos especialmente para traduzir o olhar dos artistas, suas inspirações e processo de criação.

Site CICB: http://www.cicb.org.br/

 

Mais sobre o projeto:

– Video Ronaldo Fraga & Design na Pele: http://vimeo.com/83887845

– Video Heloisa Crocco & Design na Pele: http://vimeo.com/76963314


Tags: , , ,


Posts Relacionados





Nenhum comentário em “Design na Pele com Heloisa Crocco e Ronaldo Fraga”


Comentar